05 dezembro 2005

Algures por aí




Algures num sitio de casas velhas. Só lhe falta a roupa estendida, o gato na janela, a gaiola do passarinho e o cão da vizinha.

Mais uma fralda

Para a Leonor que nasceu há poucos dias. Será que vai gostar?

04 dezembro 2005

Postcrossing




A minha colecção de postais aumenta - espectáculo

Troca de Natal



Adorei as prendinhas que me enviaram só peço desculpa por as mostrar tão tarde. Mas a confusão de Natal já passou e regresso aos poucos

Ponto de Arraiolos

O tapete da minha filhota em ponto de arraiolos.
Toda a parte lateral em cor-de-rosa é de tecido.

Cachecol e encharpes




Usei lãs diferentes em termos de textura mas com o mesmo ponto, o efeito é bastante diferente em cada um deles.

O anjo lá de casa

03 dezembro 2005

O Natal está a chegar




O Presépio da minha filhota e o único que conheço com coelho, mocho, gatos e ratinhos

01 dezembro 2005

Poncho

Um poncho para a minha filhota em lã Catita da Rosários4.
Fica económico precisei apenas de 300 gramas de lã

Mais ponto Jugoslavo

Ponto de Arraiolos

Este é o meu novo projecto em ponto de arraiolos tem 1,70m por 2,70m.

04 novembro 2005

Por hoje é tudo

Por hoje é tudo, ainda vou passear um pouco por alguns blogs e também quero ler um pouco antes do João Pestana chegar.
Por falar nisso comecei a ler o último livro de Pepetela - Predadores - e até agora estou a adorar, mas sem dúvida que o meu preferido foi Mayombe seguido de Yaka, A Gloriosa família e A Geração da Utopia.
Para quem não conhece é um escritor angolano a quem foi atríbuido o Prémio Camões em 1997.

Mais duas versões do ponto abertos e fechados em crochet


Estou a aproveitar bem o tempo que tenho sozinha ( maridinho foi ao futebol, a filhota já está a dormir - espectáculo) Hoje todos ajudam.

E claro ainda quero ir visitar umas amiguinhas e decobrir novas ideias.





"Não há fome que não dê em fartura"

Depois de tanto tempo sem colocar nada no blog, ficam aqui algumas ideias e bem diferentes.














Mais umas fraldinhas
Camisola feita com fio dobrado em crochet

23 outubro 2005

Alguns dos amiguinhos da minha filhota.

18 outubro 2005

Cachecol em crochet

Nada mais simple, feito com agulhas de crochet ( Lâ Luana de Rosários4) três correntes, três paus altos até á largura desejada, na volta seguinte preenchesse as correntinhas com os paus altos.

16 outubro 2005

Fraldinha





Adoro esta.
Já fiz o mesmo desenho num saco.

11 outubro 2005

Mais dois postais



Chegaram mais dois postais dos Estados Unidos. De N.Y e Louisiana

03 outubro 2005

29 setembro 2005

Postcrossing



Chegou o primeiro postal. Isto é giro

Prometi a alguém mostrar esta toalha.

Espero que te entusiasme.

27 setembro 2005

Provérbios actualizados

Quem ri por último, é ............................retardado!
Os últimos são sempre..........................desclassificados!
Quem o feio ama,..................................é porque vê mal como tudo!
Deitar cedo e cedo erguer, dá...............um sono do caraças.
Quem não arrisca, não .........................se lixa.
Filho de peixe.......................................é tão feio como o pai!
O pior cego é aquele que.......................se recusa a ter cão.
Quem dá aos pobres............................é estúpido porque fica com menos.
Há males que vêm................................. para piorar.
Gato escaldado.....................................morre, naturalmente!
Antes só do que....................................com 2 violadores numa cela.
Mais vale tarde do que......................... muito mais tarde.
Cada macaco.......................................com a sua macaca.
Quem tem boca...................................pode ir ao dentista!
Águas passadas...................................já passaram.
Depois da tempestade vem a...............porra da gripe!
Mais vale um pássaro na mão que .....duas cagadelas na cabeça.

E isto é o que se aprende com certos amigos.

A não perder

Está no mercado uma colecção dos livros de Gabriel García Marquez e pelo preço vale a pena. Mas descobri que já tenho todos, não fosse um dos meus escritores preferidos.
O livro que mais me preencheu foi talvez, Cem anos de Solidão, mas pensando melhor O Amor em Tempos de Cólera é das narrativas sobre um amor impossível, mais bonitas que eu já li.
Mas não posso desprezar Crónica de uma morte anunciada, O General no Seu Labirinto, etc, etc....


Eu sei que sou muito facciosa, mas se os seus romances foram divinais, as suas memórias ( Viver para Contá-la ) nas quais baseou muitos dos seus livros, são simplesmente deslumbrantes. Estes é um homem de quem se pode dizer " a sua vida deu muitos livros".

O nu

Foi a minha mãe que fez.

22 setembro 2005

Livro sobre tricot




Comprei este livro através de um anúncio e é fantástico. Tem tudo o que podemos querer saber sobre como fazer malhas ( julgo eu!!). A sua edição é de 1963.

Mas desde moldes, medidas, pontos ( dezenas) encontra-se de tudo um pouco. Até tem uma tabela de equivalência de abreviaturas em inglês, francês e italiano.

Vou tentar publicar de vez em quando.

08 setembro 2005

Mais uma fraldinha

Está pronta a toalhinha de cozinha em ponto jugoslavo ( vagonite), agora é só lavar e passar a ferro

Pessoas como nós

Fiz anos a semana passada e uma das minhas prendinhas foi o livro "Pessoas como nós" de Margarida Rebelo Pinto, e eu estava mesmo a precisar de um livro assim.
Leitura fácil, divertida, muito ligeira e quotidiana. Estou a adorar e neste género de literatura ninguém o faz melhor que a M. R. P.. Para conseguir ser tão cutilante mas real ela deve ter passeado pela cabeça de muitas pessoas. Consegue escrever o que pelos menos uma meia dúzia de vezes todos nós já pensamos sobre alguém.
Começa assim:
"Preciso de um herói.
Estou farta de brincar às mães perfeitas, às mulheres de sucesso, às actrizes de talento, à pessoas boazinhas e queridas que têm sempre tempo para ouvir os outros e os ajudar, às bombeiras profissionais que arrajam empregos para toda a gente."
Pelo menos uma vez na vida já todas nos sentimos assim, verdade?

06 setembro 2005

Frases Soltas

Para variar passo a transcrever algumas frases do meu livrinho de "frases soltas"

Frases Soltas

Não há nada melhor que ...
- Um grande bocejo e uma enorme espreguiçadela,
- Saber a resposta de um concurso de televisão (e ter alguém ao lado para nos ouvir responder)
- Pesar um quilo a menos na balança da casa de banho
- Ouvir elogios,

- Conseguir 10 minutos de borla num parquímetro,
- Ouvir risos em casa logo de manhã,
- Conseguir coçar onde é preciso

04 setembro 2005

O vento e o Cisne





Mais uma tela à espera de ser assinada e pendurada - esta há mais de dois anos.

Puxadores




Ùltima encomenda

Oito puxadores para quarto de criança.

À espera do frio





Este ano ( o que não é normal ) já estou ansiosa pelo frio, ou por causa do verão quente que tivemos, ou então, por que este ser um dos três cachecóis que entretanto comecei.




Esquema:

Ponto Riviera Simples

1ª Volta: Todas as m. de meia.
2ª e 4ª Voltas: Todas as m. de liga.
3ª e 5ª Voltas: Todas as m. de meia.
6ª Volta: * 1 m. de liga, 1dupla laçada, ( enrilar o fio na agulhas 2 vezes), *.
7ª Volta: Faxem- de meia, as m. que na v. anterior se fizeram de liga, e deixam-se cair da agulha direita as duplas laçadas que se fizeram na v. precedente.
8ª Volta: Todas as m. de liga.
9ª Volta e seguintes: Igual à v. primeira e seguintes.

31 agosto 2005

Decoupage na cozinha

Os livros e as receitas já tenho, falta-me o jeito para os aplicar nos tachos.

30 agosto 2005

fusing




O problema do fusing é nunca se conseguir fazer só uma dúzia de peças.

fazem-se muitas e, muitas de uma só vez

Os meus quadros



Este foi o último quadro a óleo com pastas.

Há 8 meses que só falta assinar e pendurar.

Ponto Jugoslavo




O meu novo trabalho é em ponto jugoslavo ( vagonite).

É uma encomentda de duas toalhas para cozinha.

Quando acabar volto a publicar.

É um ponto muito simples e sem grande preceito, mas o efeito que faz quando se aplicam várias cores é fantático.

23 agosto 2005



Lindo...

Adoro o pormenor dos dedinhos.

16 agosto 2005

Malas - mais uma faz sempre falta



Este verão dediquei-me às malas. Nunca tinha feito nenhuma em crochê e foi só começar para fazer umas quantas.
Esta deu-me um bom trabalhinho, foram precisos 250 gramas de fio para os quadradinhos e no fim cose-los todos.

Mas a minha próxima aventura, em bolsas, vai ser baseada numa ideia espectacular que encontrei
aqui .

Só não sei quando.....

11 agosto 2005

Há festa




O maravilhoso top foi feito pela minha cara amiga, a vóvó C., para que eu pudesse ir lindérrima a uma festa.

O colar, esse sim, já fui eu a faze-lo

10 agosto 2005

O começo

É sempre dificil escrever as primeiras palavras. Mas duma forma simples, apenas pretendo com este blog trocar ideias, experiências, conselhos e pequenos truques.

Após visitar alguns blogs deixei-me seduzir e agora, aqui vou eu.
Mas desde já, esclareço que a minha experiência tem apenas como base a minha curiosodade e das pessoas com as quais faço alguns projectos. A elas também espero dedicar algum tempo (com a sua autorização).
Não me dedicarei apenas a uma técnica, muito pelo contrário, tentarei apresentar aqui desde os tecidos, as madeiras, as linhas, os fios, o vidro, as telas e algo mais que entretanto surja.
E para começar este foi um dos lençóis pintado à mão, do berço da minha filhota.